A infraestrutura certa para a era cognitiva

A era cognitiva não é apenas uma buzzword. Ela trouxe uma nova visão da computação, onde as máquinas estão aprendendo e ajudando a gerenciar e operar os negócios de forma mais eficiente através da análise de volumes gigantescos de dados em milissegundos. Neste novo ambiente, líderes empresariais estão enfrentando o desafio de levar sua organização para novos níveis de capacidade competitiva alavancando tecnologias digitais juntamente com organizacionais, operacionais e de modelo de inovação negócios para desenvolver novas estratégias de crescimento —  realizando a transformação digital para a era cognitiva.

A infraestrutura de TI é fundamental neste processo para converter os desafios de dados em vantagens. Como? Trabalhando continuamente com os executivos, clientes, parceiros na visão de negócios da empresa orquestrando a adoção de plataformas e padrões que garantam que os sistemas e soluções da empresa sejam executados sobre uma infraestrutura capaz de concretizar essa visão – com vantagem competitiva.

A jornada da transformação para a era cognitiva

Percepção e cognição são derivados de dados — todas as formas de dados — dados estruturados e não estruturados, máquina, áudio e vídeo.  Estima-se que mais de 90 por cento desses dados não estruturados é invisível hoje para computadores e para a sua infraestrutura de TI. As máquinas atuais podem entender, processar e aprender.  Ambientes de TI tradicionais funcionam, mas para dar o salto para a era cognitiva, você precisará mais.

Este salto se dará através da adoção de vários conceitos de TI. No post de hoje vamos focar na aceleração da Análise de Dados (Analytics) e Arquiteturas Centradas em Dados.

Análise de Dados em tempo real

Com a explosão do big-data, CIOs e CTOs estão olhando para dados e sua análise como principais áreas de investimento para obter maiores níveis de percepção e compreensão. Dar significado e contexto para os dados é necessário para que estes sejam relevantes, e, para dar significado e contexto, eles precisam ser capturados, armazenados de forma organizada, classificados e analisados. Grandes quantidades de dados não estruturados e cinzentos exigem tecnologia de alta performance para rapidamente prover significado e visão.

A análise em tempo real dos dados de todas as pessoas, processos, sistemas e máquinas que movem seus negócios permite aos executivos C-level continuamente fazer as escolhas certas sobre como desenhar os negócios, cadeias de fornecimento e experiências do cliente.

Arquiteturas centradas em Dados

Como obter uma infraestrutura de TI desenhada para análises complexas? Para atingir este objetivo, os líderes de TI precisam arquitetar ambientes com design centrado em dados. O design centrado em dados é uma nova visão para a computação que coloca o processamento onde os dados são armazenados. Os primeiros a adotarem esta visão são os laboratórios de pesquisa e universidades, mas, cada vez mais, as empresas estão explorando suas montanhas de dados não estruturados para ajudá-las na tomada de decisões de negócios. Um design centrado em dados abrange:

  • Armazenamento e gerenciamento inteligente de dados;
  • Rápida captura de dados, de diferentes tipos e fontes;
  • Fazer a análise o mais próximo possível do local onde os dados estão.

IBM ajuda a Universidade do Michigan a acelerar o ritmo da descoberta científica

A Universidade de Michigan está colaborando com a IBM (NYSE: IBM) para desenvolver e fornecer sistemas de supercomputação centrados em dados projetados para aumentar o ritmo da descoberta científica em campos tão diversos como aeronaves e projetos de motor de foguetes, tratamento de doenças cardiovasculares, física de materiais, modelagem climática e cosmologia.

O sistema é projetado para permitir que aplicações de computação de alto desempenho para física interajam, em tempo real, com grande volume de dados a fim de melhorar a capacidade dos cientistas para fazer predições quantitativas. Os Sistemas IBM usam uma abordagem GPU-acelerada centrada em dados, integrando enormes conjuntos de dados perfeitamente com computação de alto desempenho, resultando em novas técnicas de simulação preditiva que prometem expandir os limites do conhecimento científico.

“A pesquisa científica está agora na encruzilhada de big data e computação de alto desempenho” disse Sumit Gupta, vice-presidente da IBM. “ A explosão de dados exige sistemas e infraestruturas baseadas em POWER8 mais aceleradores que possam ao mesmo tempo transmitir e gerenciar os dados e rapidamente sintetizar e analisar dados para permitir insights mais rápidos”.

Tecnologias da infraestrutura para a era cognitiva

A FNC é parceira reconhecida pela IBM com capacidade para tornar essa visão em realidade com as soluções Power Systems e tecnologias cognitivas capazes de entender, raciocinar e aprender. Com a FNC e IBM Power Systems é possível estruturar uma infraestrutura de TI que reduza o tempo de análise de dados de horas para milissegundos:

  • Servidores, Flash Storages e gerenciadores de carga projetados para soluções cognitivas;
  • Processador com desempenho líder na indústria para rápida execução de algoritmos, memória e capacidade de IO e largura de banda com latências superbaixas que podem ajudar a maximizar uma visão em tempo real com dados em movimento e in-transaction analytics;
  • Arquiteturas de cache para suportar a carga de dados contínua para respostas rápidas;
  • Inovação aberta para trazer em aceleradores de HW adequados para a finalidade e entregar resultados em poucos minutos, com ganhos de desempenho e preço que desafiam a lei de Moore;
  • Redução de dados flash otimizado e eficiência com armazenamento definido por software que pode otimizar drasticamente a economia de armazenamento enquanto você gerencia este dilúvio de dados.
  • Gestão de infraestruturas de nuvem híbrida baseada em Open-stack para integração de SoE-SoR (systems of engagement-systems of record).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.